Padre Fábio de Melo fala de amizade com a travesti Luana Muniz em documentário

O encontro do padre Fábio de Melo com a travesti Luana Muniz na quadra da Mangueira, em 2015, não rendeu apenas manchetes país afora, mas uma amizade verdadeira entre os dois. É o que conta o religioso (vestido com uma camisa do Super-Homem) em entrevista ao documentário “Luana Muniz – A Filha da Lua”, que refaz a trajetória da famosa travesti, morta em maio, aos 63 anos, e era conhecida como a Rainha da Lapa. No depoimento, Padre Fábio conta que eles ficaram amigos e que até hoje não consegue apagar as mensagens de voz enviadas por ela, informa o Extra.

“Ficamos felizes de ele ter aceitado o convite de falar pessoalmente sobre ela. Na entrevista, ele revela como ficaram amigos. Embora tenham pontos de vista diferentes, eles têm em comum o amor ao próximo. A vida do padre Fabio repercute, às vezes, de maneira cruel pelas pessoas que são conservadoras, que não compreendem o jeito de ele ser padre como amigo da humanidade, independente de qual seja a opção de vida ou sexual. Foi surpreendente, e ele deu seu recado”, diz Rian Córdova, um dos diretores do filme.

O documentário foi premiado como Melhor Longa do Festival de Gênero e Sexualidade e será exibido no dia 12 no TV Bar, em Copacabana. No dia 17, é a vez do longa ser exibido no Festival Maranhão na Tela.

04/08/2017

(Visited 17 times, 1 visits today)